sexta-feira, 14 de junho de 2013

"Homem de Aço", de Hans Zimmer (Trilha Sonora)


ABOMINÁVEL

Acabei de ouvir a trilha musical do novo filme do Superman, "Man of Steel", composta pelo abominável Hans Zimmer e posso dizer que é uma das coisas mais ridículas e grotescas que já escutei na minha vida! 

Clique aqui para ler minha crítica ao filme "Homem de Aço".

Acho que todo mundo sabe que eu desprezo as trilhas do Zimmer.

Mas eu garanto que tentei ouvir seu novo trabalho com uma mente aberta.

Afinal, é música para um filme do Superman! Não tem como ser ruim, certo?

Trilhas para filmes do Superman são como pizza: mesmo ruins ainda são boas, né?!

Mas, eu estava completamente errado.

Não vou nem entrar no mérito de que não há um tema para o Superman em toda a trilha, exceto um pequeno "motif" que é de uma simplicidade de dar dó e que nunca é desenvolvido.

Talvez tenha sido o diretor que mandou Zimmer não compor um tema para o herói, num daqueles mantras estúpidos do tipo "Vamos nos manter o mais longe possível do que fizeram Richard Donner e John Williams para o filme de 1978".

Mas o que mais me impressionou é o quanto a trilha é insossa e genérica.

Chega a ser muito, mas muito pior do que as trilhas que ele criou para os filmes do "Batman", que não passaram do medíocre, mas pelo menos não prejudicaram o filme (leia neste link minha análise da trilha de "Batman: O Cavaleiro das Trevas", do Zimmer)

Zimmer usa um monte de percussão na trilha do "Man of Steel", mas a sua composição é incrivelmente simplória e soa como um bando de garotos de 12 anos marretando a bateria de um de seus vizinhos, todos ao mesmo e MUITO ALTO!

O que dizer da orquestra e do coral? Novamente, todo mundo tocando e cantando ao mesmo tempo, as mesmas notas BEM ALTO!


Na faixa de abertura "Look to the Stars" Zimmer faz o coral cantar "A, E, I, O, U"... em português! Sinceramente, é uma das coisas mais ridículas que já ouvi na vida!

Eu me pergunto como é possível fazer uma orquestra completa soar com um sintetizador barato?

Será que Zimmer faz isso de propósito para agradar adolescentes raivosos de 15 anos que pensam que orquestras são coisas de velhos ou isso é apenas o resultado de sua total falta de habilidade para compor esse tipo de música?

Se você der essa trilha para um apreciador médio de trilhas sem dizer o que é, ele provavelmente vai dizer que se trata da música para algum filme de ficção classe C, daqueles que o Roger Corman fazia nos anos 80. Nunca que ele vai achar que se trata de uma trilha para o novo filme do Superman produzido por um grande estúdio!

Impressionante sr. Zimmer! Impressionante!


Saber que esse picareta é considerado hoje um dos compositores mais influentes em Rolliúdi atualmente é uma das provas cabais da total decadência da indústria cinematográfica estadunidense. 

Chega a dar raiva, principalmente para quem cresceu ouvindo trilhas magníficas compostas por gênios como Jerry Goldsmith, John Williams, Ennio Morricone e tantos outros.

Cotação: *


Sinal dos tempos: Zimmer, o picareta, é o mais influente hoje em Roliúdi. 

24 comentários:

ARM_Coder disse...

Confesso que fiquei curioso, sabe aquela coisa, que de tão ruim dá vontade de ver?

Abraço!

ARM_Coder disse...

Bom... matei a curiosidade, no youtube tem a trilha sonora. Honestamente, nunca ouvi algo pior. Sério. Estou passado até agora.

Deus, esse cara conseguiu fazer uma trilha de 1h49m sem uma única frase melódica, só batucada e notas desconexas. Isso não é uma trilha sonora, é uma tralha sonora!

Nunca mais!...

Pedro disse...

Quanta inveja! O compositor é aclamado no mundo inteiro, somente ver não gosta do cara. Reduza-se a sua insignificância.

André Lux disse...

Por que será que eu não fico surpreso ao descobrir que o papagaio da direita é também fã do abominável?

Falta de cultura é uma coisa triste mesmo...

Rogério Marques disse...

Boa noite!
Agora fiquei curioso. Será mesmo que é tão ruim assim? Não detesto o Zimmer apesar de achá-lo super repetitivo, mas outros compositores ótimos como Danny Elfman, Alan Silvestri também o são. A trilha-sonora da última trilogia do Batman eu não achei ruim. Pelo contrário. No princípio eu estranhei um pouco, mas tenho gostado. Espero que a do Superman não seja como você está dizendo. DE qualquer forma impossível superar a icônica do John Williams. Abraços!

Anônimo disse...

Pra mim filme do Superman tem que ter dois ingredientes: o Christopher Reeve e a trilha do John Williams. Bem, o primeiro é impossível por motivos óbvios e se não há o segundo me pergunto: o que sobrou?

ARM_Coder disse...

Experimente ouvir 1h49m dessa trilha e você vai entender... Não tenho nada contra o Zimmer, até gosto da trilha dos Piratas do Caribe. Confesso que não vi o Batman... Agora essa do Superman ficou trash mesmo, difícil de acreditar! Uma pena.

Abraço!

Joao Yanni disse...

Olha, eu acho que cada compositor tem o seu estilo...Sou formado em Música Pela USP de São Paulo (Composição) e realmente a trilha de John Williams é melhor do que a de Hans, pois foi a que deu início, mas isso não é motivo para falar que o serviço do Hans Zimmer é merda e picaretagem... eu Fui aluno de alguns compositores de cinema, inclusive do Howard Shore..( Master Class) e conversamos muito sobre assuntos desse tipo, e o que me disseram foi que, na maioria das vezes, é o diretor quem pede para o compositor, fazer uma coisa bem longe do original.. Assim como a Trilha Sonora do novo Homem Aranha ( O Espetacular Homem Aranha) não da pra comparar com a do Elfman... mas acho que vcs devem levar em conta, que Hans Zimmer, é um excelente compositor.. Ouçam trilhas como Piratas do Caribe 2, 3. Gladiador, O Rei Leão, entre outras... A Trilha do `Homem de Aço `é sim uma trilha boa.. Ta certo que ele usou Sintetizadores, e tal... mas qual o problema? ele deu uma cara nova no tema... O, A.E.I.O.U eu achei uma coisa bem criativa, ja que outros compositores nao usavam.. Então é o seguinte... Realmente nao da pra comparar John Williams com Hans Zimmer.. mas isso nao quer dizer que um seja melhor do que o outro... Plantem isso nas suas mentes... SÃO COMPOSITORES DIFERENTES...Alias, eu ja fui aluno do John Williams também, e posso dizer que os dois são pessoas ótimas.John Williams ainda elogia o trabalho de Zimmer.. Claro que foi Master Class..rs enfim. Aprendam musica, depois critiquem... Muito Obrigado..

Leandro Lombardi disse...

Há tempos venho dizendo que as atuais trilhas sonoras são tão genéricas que podem ser usadas em qualquer filme. E o pior, recebem o prêmio máximo, o tão esperado OSCAR, basta conferir quem levou e quem concorreu nos últimos 20 anos. Babel, Os homens que não amavam as mulheres, Rede Social, As Aventuras de Pi, é de chorar..., não é possível que alguém ouviu estas trilhas e deu o OSCAR. E um gênio como Jerry Goldsmith ganhou em sua carreia 1 Oscar. Os atuais compositores são mais cortadores de grama do que jardineiros. Primeiro a imensa maioria dos grandes filmes NÃO tem Tema, acabou o Main Title, ou Theme from...., é um monte de barulho e percussão. Se não tem dinheiro para contratar compositores atuais que criam temas como Danny Elfman, o mestre John Williams, Alan Silvestri e alguns poucos ao menos deveriam contratá-los exclusivamente para criar o tema do filme em questão e deixar o resto da trilha com o compositor contratado. Isso já melhoraria e muito a qualidade das trilhas sonoras. Muitos trailers no youtube feito por fãs colocam a trilha de John Williams, quem sabe nas versões downloads do filme alguém tenha a paciência de colocar o tema de Williams e trazer mais emoção para o filme. Quanto a Hans Zimmer, pra mim quem estraga as trilhas são os produtores e diretores que não grudam no compositor e exigem qualidade como fez Peter Jackson com o Howard Shore que até então não tinha marcado sua história no universo musical e transformou as trilhas do Senhor dos Anéis em verdadeiras obras primas. A boa notícia é que o novo Man of Steel é muito bom e seria melhor ainda com a emoção que o tema de John Williams traz nas telas.

André Lux disse...

João, discordo da sua opinião. Não é preciso ser músico para saber diferenciar uma boa composição, complexa, rica, de uma ruim, pobre, mal acabada.

Zimmer não tem formação musical, era um mero arranjador de teclados e produtor de bandas de rock que virou da noite para o dia compositor de trilhas de cinema.

Suas composições são simplórias não por opção, mas sim pela sua total falta de habilidades. Você cita a trilha de "Gladiador" como sendo um exemplo cabal de sua qualidade como músico, porém não reparou que a maioria dos temas é copiado de Wagner e outros compositores, principalmente Ennio Morricone? Aquele tema bonito que ele usa em vários trechos do filme, mais evidente no final da batalha que abre o filme, é uma cópia nota por nota de uma faixa da trilha do Morricone para "Secret of the Sahara". O mesmo ele fez na trilha do "Sherlock Holmes", onde na cena da explosão do depósito colocou para tocar literalmente outra faixa dessa mesma trilha do Morricone!

Então, desculpe, não é uma questão de comparar o estilo do Zimmer com o do Williams, até porque Zimmer não tem estilo. Ele é, no máximo, um "sound designer", não um compositor.

Mas prefiro que gente mais entendida do assunto fale sobre essa trilha abismal. Dá uma lida nessa crítica, que é excelente: http://www.movie-wave.net/?p=3683

Anônimo disse...

Agora que você falou nas limitações (para não dizer plágio) do Hans Zimmer lembrei de outra: eu sabia que tinha ouvido o tema principal de Piratas do Caribe em algum lugar. Um dia lembrei e fui conferir: é praticamente idêntica a do Coração Valente.

Joao disse...

Vc é apenas um bucefalo que n entende p... de música. Afinal qual faculdade vc cursou?

George disse...

Mais uma trilha feita na preguiça e falta de capacidade do businessman e celebridade Hans Zimmer. O que o John William faz SOZINHO no piano com papel e lápis, o Zimmer, com toda sua parafernália de computadores, teclados, time de ghost writers não chega nem próximo do que foi feito no filme de 1978.
Essa trilha é um insulto aos ouvidos dos apreciadores de boa música. Com uma orquestra soando como um teclado gigante e o barulho ensurdecedor de seus sintetizadores, o Hans Zimer ainda se acha um gênio, que está revolucionando a música de cinema. Com certeza, está revolucionando para o nível mais baixo de sua história.

Anônimo disse...

Olha cara, vc foi a primeira pessoa que eu vi que odeia o Zimmer. Respeito totalmente sua opinião,pois cada um tem a sua, mas discordo do que disse. Acho a trilha sonora do Hans Zimmer incrível. Vejamos os trailers de Man Of Steel, e, pelo menos eu, senti uma emoção que desde de John Williams e Ennio Morricone, não sentia. Aquele sentimento de descoberta, drama, tensão e ansiedade.e não é so nos trailers. Sentimentos esses que estão presentes nos mais recentes filmes, como TDK e A Origem. Não é atoa que que Christopher Nolan, um excelente diretor, escolhe Hans Zimmer como seu músico. A Origem, TDK e Rei Leão,ao meu ver, são suas melhores trilhas. Mas gosto, é gosto, só não entendo ainda o porque dessa sua opinião. Ahh uma opção para você que não gosta dele, procure ouvir Michael Gianchino, que trabalha sempre com J.J. Abrahms, e vem ganhando grande destaque, junto com Zimmer e Desplat. Apenas uma dica, já que Zimmer não é de seu gosto. Ate

André Lux disse...

Zimmer é o maior picareta da história da música do cinema. A maioria das pessoas que conheço que gostam de trilhas sonoras odeia Zimmer ou ao menos o despreza.

Ele, além de não entender nada de música, copia na cara dura outros compositores, principalmente o coitado do Ennio Morricone ("Gladiador" e "Sherlock Holmes" sendo os exemplos mais grotescos desse tipo de roubo).

Seu sucesso se dá unicamente por ter tido a sorte de se associar com outros picaretas com Jerry Bruckheimer e afins que produz bombas altamente rentáveis nas bilheterias e isso fez com que Zimmer fosse associado ao sucesso desse lixo, que agrada basicamente adolescentes debiloides.

Esse triste fato acabou convencendo executivos que só pensam em dinheiro e outros diretores sem gosto para música que ele seria o homem certo para compor a trilha de seus filmes (vide Christopher Nolan, cujos filmes sempre tem trilhas fracas ou péssimas).

Leia minha análise da trilha do "Batman 2" do Zimmer neste link: http://tudo-em-cima.blogspot.com/2009/06/trilhas-sonoras-batman-o-cavaleiro-das.html

Sobre Giacchino, eu já sou fã dele faz tempo e sempre elogio suas trilhas em minhas criticas. Basta você ler minhas análises dos "Star Trek" ou mesmo do horrível "John Carter" (procure os links na coluna da esquerda).

O Bragiliano disse...

Vamos fazer o seguinte então, André Lux. Se não é preciso ser formado para fazer trilha sonora, faz uma você :) Posta aí no seu grandioso blog como você acha que deveria ter sido as trilhas de Batman e Superman. Manda pra Warner e tenta desbancar um dos maiores compositores da história do cinema.

André Lux disse...

Bragiliano, quantos anos você tem? 14?

Jivago Achkar disse...

2 trilhas sonoras que eu considero extremamente geniais do Hans Zimmer e que, para mim, superam e muito várias que eu já ouvi: O Último Samurai e Além da Linha Vermelha.

André Lux disse...

Para o padrão do Zimmer essas duas trilhas podem realmente ser consideradas "boas". Mas para o padrão de compositores de verdade, como Goldsmith ou Morricone, não passam do medíocre. Ao menos elas não detonam os filmes, o que no caso do Zimmer já é uma GRANDE coisa...

Anônimo disse...

Só queria saber quem é o comentarista com mania de grandeza achando que sua própria análise tem alguma relevância.
De insossa mesma só essa análise. O filme está estelar em todos os aspectos - trilha sonora inclusa.

Anônimo disse...

Sei que não sou nenhum expert e me limito a apreciar as trilhas sonoras que realmente gosto. Sou fã de Ennio Morricone, acho fantástico seus trabalhos em filmes como The Mission, Cinema Paradiso e nos filmes de Sergio Leone. James Newton Howard e suas parcerias com M. Night Shyamalan,Vangelis é gênio como se vê em Blade Runner e Carruagem de Fogo, Danny Elfman, Jerry Goldsmith, John Williams fora de série para não citar outros e... Hans Zimmer. Amigo, acredito que você tenha suas preferências, seus gostos, mas chamar de medíocre um compositor que produziu verdadeiras obras primas como a trilha de "Além da Linha Vermelha", "Rei Leão", "Rain Man", "Gladiador", entre outros trabalhos.. é na minha opinião (posso até estar errado, mas) uma tremenda ignorância sua. Acho que você ao menosm deveria admitir que este compositor é fora de série, do contrário ele jamais teria conquistado a posição que tem hoje, claramente justa ao excelente profissional que ele é!

Anônimo disse...

De fato, a "fórmula mágica" conseguida em 1978 pela combinação Donner-Williams-Reeve (o ator, em combinação com o Diretor e a Trilha Sonora foram decisivos para criar um Superman "verossímil")mais uma vez não foi conseguida e parece que não vai ocorrer de novo tão cedo. E pensar que alguns idiotas ainda me chamam de saudosista...
Plácido Figueiredo Moraes

Anônimo disse...

Bizarra a sua postagem, cara. O mundo todo admira os trabalhos de Hans Zimmer. Em "Batman" ele foi brilhante. A trilha carrega o filme, é sensacional.

André Lux disse...

Hoje você descobriu que não é o "mundo todo" que admira o lixo que esse picareta produz. Que coisa bizarra, não?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...