Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 9 de março de 2012

Filmes: "John Carter Entre Dois Mundos"

CONFUSÃO INFERNAL

Não há muito o que dizer de um filme que é uma longa e irritante refilmagem piorada dos episódios 1 e 2 do "Star Wars"

- por André Lux, crítico-spam

Sinceramente, não há muito o que dizer desse "John Carter Entre Dois Mundos", exceto que é uma longa e irritante refilmagem piorada dos episódios 1 e 2 do "Star Wars" ("A Ameaça Fantasma" e "O Ataque dos Clones"). Tem inclusive uns monstrinhos com quatros braços que parecem primos do Jar Jar Binks e luta numa arena contra criaturas esquisitas.

Ok, eu sei que foi baseado na obra de Edgar Rice Burroughs, o mesmo que criou o "Tarzan", mas poderiam pelo menos terem inventado um roteiro melhorzinho, né? A história não tem pé nem cabeça (alguém aí consegue explicar, afinal, o que queriam aqueles vilões carecas ou o que era o tal do bendito "nono raio de luz" que tanto temiam?) e o filme vai se arrastando desconjuntado entre lutas e cenas de guerra enfestadas de monstros e naves feias e sem graça.

O herói faz o tipo "cabeludo-sujinho-de-tanguinha" que algumas mulheres adoram, mas a princesa marciana é tão mais exuberante que ele ao ponto de parecer que vai devorá-lo quando estão juntos. O diretor do longa é o Andrew Staton, que até agora só tinha feito filmes de animação digital (como "Procurando Nemo" e "Wall-E"), e parece não ter mesmo a menor noção do que fazer com atores de carne e osso. Tanto é que os bonecos digitais parecem muito mais animados e expressivos que o resto do elenco humano - o melhor "ator" do filme é de longe aquela espécie de cachorro-monstro digital que corre mais rápido que o Papa-léguas!

A única coisa que presta dessa confusão infernal é a música do Michael Giacchino (do novo "Star Trek" e "Os Incríveis") que se esforça em encontrar inspiração no meio daquele monte de gente feia que quer se matar para dominar um planeta que não passa de um deserto cheio de poeira (o que faz a gente se perguntar: o que será que eles comem e bebem?).

Para piorar tudo, ainda tive que ver o filme em 3D, dublado e com meus óculos escuros de grau (já que tinha esquecido os normais) por baixo do maldito óculos 3D! Haja saco, viu?

Cotação: *

6 comentários:

j.q. disse...

Concordo em tudo... uma obra de mARTE esse filme!!! hahaha

Anônimo disse...

Discordo em tudo. Muitas das suas questões levantadas só podem ser respondidas nos outros livros que ainda estão pra chegar aqui nesse país. Por incrível que pareça, o Brasil é muito atrasado nas publicações estrageiras. Por isso o povo saiu apedrejando o filme, não leram a história do livro e viram o filme com outros olhos, achando que foi ruim. Claro, nenhum filme é tão bom quanto o livro, mas sinceramente, julgar assim tão precipitadamente, por favor...

Anônimo disse...

Eles deveriam então por um aviso na entrada dos cinemas: "SÓ VAI ENTENDER ESSE FILME QUEM LEU TODOS OS LIVROS DO PERSONAGEM"...

Anônimo disse...

Me responda uma pergunta... Quem está acima do poder de um Rei, num mundo cheio de ganância e maldade sem medir consequências? Quando entender essa pergunta, vai ver o filme por outro prisma.

Anônimo disse...

Só lembrando aqui ... esse mesmo blog deu 2 estrelinhas furadas para nada mais nada menos que WALL E !! Será que alguem ainda confia nessas criticas daqui ???!!! O Filme é EXCELENTE !!! Assisti já pela terceira vez e
verei de novo !!!

Marcos S. disse...

Críticos/ Críticos/ Críticos.... Para que servem?

Minha opnião pessoal. O filme é muito bom. Os efeitos especiais são bons, achei a performance dos atores boas além de de nos divertir (ou refletir) com as imeras mensagens subliminares que traz do início ao fim.

Bem esta é a minha opnião PESSOAL sobre o filma. Cada um que entenda como preferir.

Críticos....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...