Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Filmes: "Oblivion"


FUNCIONAL

Para quem gosta do gênero ficção pós-apocaliptico é uma boa pedida, desde que você não espere muito

- por André Lux, crítico-spam

"Oblivion" é daquelas ficções científicas sobre o fim do mundo que bebem diretamente de vários outras e melhores fontes. Mas, apesar de não ser uma obra-prima do gênero e não sobreviver a uma análise mais detalhada de sua trama, até que funciona bem e prende a atenção, tendo inclusive algumas reviravoltas finais que causam surpresa.

As influências mais óbvias do filme são "Planeta dos Macacos", "2001", "Lunar", "Fuga do Século 23", "Eu Sou a Lenda", "Mad Max 2" entre outros. A direção é do mesmo sujeito que fez o fraco "Tron: O Legado", mas não chega a atrapalhar. Os efeitos especiais são decentes e o filme conta com uma boa atuação do galã Tom Cruise, que nunca foi um bom ator, mas que envelheceu bem e consegue imprimir uma certa verdade ao personagem principal. De quebra há também a participação do sempre confiável Morgan Freeman em uma ponta.

Infelizmente, como toda produção em série oriunda de Roliudi, há algumas coisas indesculpáveis, como a cena em que Cruise relembra todo emocionado uma partida do chamado "futebol americano" e algumas explicações didáticas totalmente desnecessárias no final (basicamente eles explicam o que a gente já está vendo na tela). A trilha musical, composta por um grupo techno chamado M.8.3., é fraca e atrapalha muito o filme, cheia de cacoetes horríveis criados pelo abominável Hans Zimmer (certas faixas são cópias diretas de "Batman Begins") e em algumas cenas mais parece música para comercial de shampoo (como na sequência em que Cruise faz amor com sua parceira na piscina).

Enfim, para quem gosta do gênero ficção pós-apocaliptico é uma boa pedida, desde que você não espere muito.

Cotação: * * *

Um comentário:

Anônimo disse...

As únicas coisas se salvam nessa porcaria, outro lixo frustrante pseudo sci fi, sao:
os 5 segundos de Rabmle On, do Led Zeppelin; e o design da mini nave "helicopter do future", usada em branco, pro Cruise.
O resto ... merda pura.
Inté,
Murilo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...